Para mim, acordar e tomar um belo café da manhã é sinônimo de começar o dia bem. Se isso estiver acompanhado de uma bela xícara de café, um bom pão cascudo, queijo e geleia, melhor ainda. Eu prefiro escolher sempre produtos bem caseiros. Aqui em casa, sempre temos pães de fermentação natural (ainda vou falar muito sobre eles por aqui) e geleias sem conservantes. Como nem sempre tenho tempo para prepará-las, gosto de saber onde comprar produtos de boa qualidade. Se você se identificou, não pode perder esta dica!

Certo dia, estava caminhando pelo Horto Florestal de Campos do Jordão e vi uma plaquinha bem rústica que dizia “Sítio Casquilho, Geleia Caseira, Pura Framboesa, 1.600 m”. Claro que não resisti. Enfrentei uma estrada de terra e fui. Algumas placas depois em um caminho silencioso e cheio de araucárias, lá estava o sítio!

O cenário era calmo e a vista maravilhosa: hortênsias, pássaros, uma pereira carregada e claro, uma bela plantação de framboesas. Não havia loja, propagandas, prateleiras, nada parecido. Apenas uma mulher (acompanhada de seu vira-lata) que me ofereceu os produtos disponíveis: geleia de framboesa, geleia de amora, e as próprias frutas. Levei de tudo um pouco e não me arrependi. As geléias? Deliciosas! As frutas? Saborosas! Mesmo congeladas, posso dizer que o sabor é intenso e fresco.  Outra dica? Bater uma porção de amoras e framboesas com suco de laranja fresquinho. #simplesmenteviciante

Conheci o Sítio Casquilho em 2014 e desde então, já voltei muitas vezes. De carro, a pé, não importa. Passear pelo horto e sair de lá carrega de frutas e geleias, é regra do passeio.  Se você se interessou pela dica, faça como eu: entre no Horto Florestal de Campos do Jordão e siga as placas!

Renata Barrella

Cientista por opção, paixão e profissão, ocupa boa parte de suas horas vagas em um laboratório bem longe da universidade: a cozinha! Sua preferência em relação aos testes e experimentos é clara: pães, pães e mais pães.