E chega o nosso aniversário! Dia de receber ligações da família, uma enxurrada de mensagens no Facebook, notar que ficamos mais velhos (ao invés de mais novos) e fazer mais uma análise em nossa vida.

Resolvi aproveitar o tema para mostrar, em músicas, a miscelânea de sentimentos que vivemos nesse dia tão valioso. Simplesmente não passamos batido por nosso aniversário! Ficamos felizes, tristes, reflexivos, fechados, festivos, tudo ao mesmo tempo. Espero que curtam a playlist de aniversário! Vamos começar?

Quem nunca se pegou pensando naquele amor antigo? Nos amigos que ficaram pra trás? Que nunca falou que está ficando velho ao ver alguém fazendo loucuras que não temos mais coragem de fazer? No aniversário sempre bate uma nostalgia, e uma música que reflete bem esse sentimento é “Envelheço na Cidade”, do Ira! Curta e não se culpe: ficar velho não é pecado, é sabedoria.

Muita gente aproveita esse dia para reunir os amigos em uma mesa de bar e acaba passando um pouquinho dos limites. Aí não tem jeito, ela vem: a ressaca. Pois para mostrar esse sentimento, temos uma banda que fez muito sucesso nos anos 80 chamada Dead Or Alive, com “You Spin Me Round”. Esta música foi regravada pelo rapper Flo-Rida para o filme “The Hangover” (ou, Se beber, não case). Quer mais? Hangover significa ressaca!

Já se pegou refletindo sobre seus atos e sobre tudo o que passou em sua vida? Fazemos isso geralmente em duas datas especiais: ano novo e aniversário, e sempre sentimos uma melancolia. Não chega a ser uma tristeza, mas um sentimento de que não pertencemos a esse mundo; de que somos heróis em um mundo de vilões. A música “Short Change Hero” do grupo The Heavy descreve bem esse sentimento quando diz que esse não é um mundo para heróis.

Algumas pessoas acham o máximo fazer aniversário, afinal, é dia de comer bolo (principalmente se for feito pela Joyce Galvão)! E com a alma adoçada, chegamos a conclusão que não precisamos ter vergonha de sermos felizes. Já sacou, né? “O que é, o que é”, do Gonzaguinha é nossa quarta música.

Mas a felicidade não parou por aí, pois temos “Happy”, do Pharrel Williams. Impossível ficar parado com uma música que passa tanto otimismo, sentimento tão em falta hoje em dia.

E para terminar nossa lista, vamos falar do amor. Do amor pela vida, do amor pelos doces, pelo trabalho e pelos amigos! Se existe uma pessoa que merece todo o amor do mundo, é nossa aniversariante, nossa pretty woman Joyce Galvão.

Joyce, está sendo um privilégio fazer parte desse projeto com você. Um feliz aniversário e divirta-se com Roy Orbison!