Pular para o conteúdo
Início » O que é buttermilk?

O que é buttermilk?

  • 2 min read

O buttermilk ou leitelho é um ácido líquido que é obtido como resíduo durante o processo de produção de manteiga, originalmente, ele era produzido quando o leite era naturalmente acidificado pelas bactérias durante a obrigação para a produção da manteiga, porém, em vez de descartá-lo, os produtores comercializaram a utilizá-lo como uma bebida, fermento de pão e subproduto para outros produtos de panificação.

Hoje em dia, o leitelho também é produzido industrialmente por meio da adição de uma cultura de bactérias lácticas a leite desnatado ou semidesnatado, isso cria um produto pobre em vitaminas e calorias, mas que mantém seu sabor ácido e textura cremosa, apesar de seu nome estar associado a um produto rico em gordura, na verdade, é pobre em vitaminas e calorias, mas é rico em nutrientes como proteínas e cálcio.

copo de leitelho

É um ingrediente versátil na culinária, usado em diversas receitas, desde doces até carnes e aves, quando combinado com bicarbonato de sódio, como no caso do bolo Red Velvet, ajuda a garantir uma textura úmida, aveludada e saborosa, em alguns casos, também pode ser substituído por iogurte misturado com um pouco de água.

Para aqueles que não conseguem encontrar leitelho facilmente em sua região, é possível fazê-lo em casa adicionando suco de limão, vinagre ou cremor tártaro a leite desnatado ou semidesnatado, deixe descansar por 10 minutos e use como substituto do leitelho tradicional, porém, tenha em mente que a versão caseira não terá a mesma cremosidade do produto original.

Para armazenar, é importante mantê-lo em um recipiente fechado dentro da geladeira e observar os dados de validade, o industrializado dura até 15 dias, enquanto o caseiro dura de 2 a 3 dias, para aqueles que conseguem encontrar em pó, é possível armazená-lo por até 3 meses no freezer, ao descongelar, é possível que apresente duas fases separadas, mas basta agitá-lo antes de usar para aproveitar todas as suas qualidades.

garrafas de derivados do leite

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *