Pular para o conteúdo
Início » Canjica Nordestina: A Alma das Festas Juninas

Canjica Nordestina: A Alma das Festas Juninas

Compartilhe ; )

A canjica nordestina, também conhecida como mungunzá em algumas regiões, é mais do que um prato; é uma expressão cultural rica em sabor e tradição. Este doce cremoso feito à base de milho branco é um dos protagonistas das festas juninas no Nordeste do Brasil, celebrando a colheita do milho com uma receita que aquece o coração. Neste artigo, mergulharemos nos segredos da canjica nordestina, desde sua receita tradicional até dicas para deixá-la ainda mais saborosa, sem esquecer das variações que permitem adaptá-la a todos os gostos.

Receita Tradicional

Canjica Nordestina

Preparo 5 minutes
Cozimento 40 minutes
Refeição Sobremesa
Culinária Brasileira
Serve 4 Pessoas
Calorias 170 kcal

Equipamento

  • Panela de pressão
  • Travessa

Ingredientes
  

  • 500g de milho para canjica (deixado de molho de um dia para o outro)
  • 1 litro e meio de água
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 litro de leite de coco
  • 200g de coco ralado
  • 1 xícara de açúcar (opcional, ajuste ao seu gosto)
  • Canela em pau e cravo-da-índia a gosto
  • Canela em pó para polvilhar

Instruções
 

  • Escorra o milho que ficou de molho e transfira para uma panela de pressão. Adicione a água e cozinhe por cerca de 30 a 40 minutos após pegar pressão, ou até que o milho esteja macio.
  • Após o milho cozinhar, adicione o leite condensado, o leite de coco, o coco ralado, o açúcar, a canela em pau e o cravo-da-índia. Cozinhe em fogo baixo, mexendo sempre, até que a mistura fique bem cremosa.
  • Retire do fogo e deixe esfriar um pouco. Sirva em tigelas, polvilhando com canela em pó para decorar.
Keyword canjica, nordestina

Dicas e Truques

  • Para uma canjica ainda mais cremosa, adicione um pouco mais de leite de coco ou de leite condensado.
  • Se preferir, você pode substituir parte do açúcar por mel ou por açúcar mascavo para uma versão mais rústica.
  • O milho para canjica precisa ser o tipo específico para esse doce, conhecido também como milho branco.

Variações da Receita

  • Canjica com Amendoim: Adicione 1 xícara de amendoim torrado e moído para uma textura e sabor únicos.
  • Canjica Vegana: Substitua o leite condensado por leite condensado de soja e utilize leite de coco caseiro para uma versão livre de ingredientes de origem animal.
  • Canjica com Frutas Secas: Acrescente frutas secas como damascos picados, passas ou tâmaras no final do cozimento para uma versão mais festiva.

História e Origem

A canjica tem suas raízes na culinária indígena, com o milho sendo um dos principais alimentos dos povos originários das Américas. Com a chegada dos portugueses e a introdução do açúcar, do leite de coco e de especiarias, a canjica ganhou novos sabores e texturas. No Nordeste brasileiro, ela se tornou um símbolo das festas juninas, celebrando São João, São Pedro e Santo Antônio com muito sabor e tradição.

Conclusão

A canjica nordestina é uma verdadeira viagem gastronômica às tradições e festividades do Nordeste do Brasil. Experimente fazer essa receita em casa, seja para uma festa junina ou como um conforto nos dias frios. Com cada colherada, é possível sentir a riqueza cultural e o sabor que fazem da canjica um dos doces mais amados da região.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recipe Rating